Um jornal de boas notícias.

Resolvemos subverter a essência do jornalismo tradicional que aponta os erros da nossa sociedade, criando um periódico que trouxesse sempre boas notícias sem perder o senso crítico, essencial a qualquer veículo que se preze.

Clique aqui e conheça-nos

Edição 176 - Setembro/20

AQUI e
tudo sobre nossos patrocinadores:
Share
Foto: Google

Pratos feitos por pais que são super chefs

Flávia Manfrin
Ouça esta matéria
Locução: Cibele Fleury

Geralmente afeitos a cozinhar como distração e diversão, muitos homens se revelam cozinheiros de mão cheia quando o assunto é cozinhar para os filhos. Nesta edição, pedimos a três cozinheiros que são famosos por preparar pratos incríveis para ilustrar a edição que pretende homenagear todos os pais. Além de ótimas receitas, explicadas com capricho, trazemos também o testemunho de seus filhos, que atestam que cada uma delas vale a pena. Bom apetite!

Camarão à moda Thai

receita de Erik Manfrim
Ouça esta receita
Locução: Cibele Fleury

_Ingredientes do prato:

• 500g de camarão médio ou grande

sem casca

• 2 colheres sopa molho apimentado doce

• 4 colheres sopa molho de peixe

• 2 colheres sopa alho picado

• 2 colheres sopa gengibre picado

• 200ml leite de coco

• 2 colheres sopa óleo (soja, milho, gergelim)

• 1xícara cebolinha cortada em tiras finas

(de 5cm mais ou menos)

• 1/4 xícara de amendoim torrado

_Ingredientes do molho de pimenta:

• 8 pimentas dedo de moça cortadas no meio no comprimento

• 4 colheres sopa de açúcar

• 6 dentes de alho inteiros

• 2 cebolas cortadas em cruz

• 4 colheres sopa de shoyo

• 3 colheres sopa de óleo

_Preparo do molho de pimenta: coloque em uma frigideira funda a pimenta, a cebola, o alho e refogue por 10 minutos até murchar. Junte o açúcar, o shoyo e mexa até dissolver o açúcar. Retire e bata no liquidificador com o óleo até obter uma pasta.

_Ingredientes do molho de pimenta:

• 4 colheres sopa açúcar mascavo

• 6 colheres sopa de shoyo

• 200 ml de água

• 10 filezinhos de anchovas salgado

_Preparo do molho de peixe: Pique as anchovas e leve à frigideira junto com o açúcar . Começando a derreter o açúcar, junte o shoyo. Mexa até a anchova desmanchar bem. Juntar a água e mexer bem.

_Preparo do prato: Aqueça o óleo e doure o camarão rapidamente. Junte o alho e o gengibre e mexa por um minuto. Junte os dois molhos e mexa até secar um pouco. Junte o leite de coco e depois o amendoim. Mexa. Por último, junte a cebolinha e sirva. Bom com arroz Jasmim ou se não tiver com arroz branco feito meio papa.

Avaliação de Priscila, filha do Erik: “Meu pai cozinha muito bem, mas como ele mesmo diz, não é daqueles que sempre nutriu amor pela cozinha ou que ajudava a mãe dele nos almoços de domingo. Aprendeu “na marra”, depois de casar. Também não é daqueles que “cozinha a olho”. É metódico, segue as receitas de maneira precisa. Mas independente dos motivos que o trouxeram até aqui e dos métodos que utiliza, o que valorizo é o carinho colocado em cada receita executada, os momentos em família que acompanham as refeições e perceber que cada prato consegue traduzir o cuidado que ele tem conosco. Ah, além de tudo isso, ele se tornou um cozinheiro de mão cheia!”

Risoto de Bacalhau e Alho Poró

receita de Hugo Yoneda
Ouça esta receita
Locução: Cibele Fleury

_Ingredientes:

• 1 kg arroz arbóreo;

• 1,5 kg de bacalhau dessalgado

• 5 sachês de caldo seco de legumes Sazon

• pimenta do reino a gosto

• 2 alho poró (separar as folhas do caule, picar o caule em rodelas e as folhas em tiras com 2mm

• 2 cebolas médias (picar em rodelas médias e cortá-las em 2 semi circunferências)

• 300 ml de bom vinho branco

• 150 ml de azeite de oliva (não precisa ser extra virgem porque vamos fritar)

• 600 ml de creme de leite fresco

• 2 caixinhas de tomate cereja

• 2,5litros de água fervendo

• 1 xícara de legumes (o que houver disponível)

__Preparo: Colocar o azeite em uma panela grande, esperar aquecer em fogo alto. Fritar as cebolas sem dourar para não queimar. Colocar as rodelas do alho poró e fritar pouco, não queimar. Refogar o arroz mexendo para não queimar; em seguida colocar o vinho aos poucos para não levantar fervor e deglaçar, mexendo sempre. Importante: neste ponto você precisa resolver se quer o arroz com mais gosto do bacalhau, pois se fritar o bacalhau vai selar e o sabor não passa tanto ao arroz, porém fica fritinho, mas se prefere bastante sabor de bacalhau, não frite, coloque junto com a água. Colocar água quente até cobrir o arroz, em seguida colocar os saches de caldo seco de legumes e pimenta do reino moída na hora. Mexer sempre em sentido horário, na extensão inteira da panela, colocando água sempre que ressecar, até colocar toda água. Colocar as folhas picadas do alho poró para cozinhar com o arroz. Quando sentir o arroz “al dente”, coloque o creme de leite e mexa sem parar até deixá-lo com menos líquido, mas nunca deixar seco. Então coloque o tomate e mexa para distribui-lo bem,. Desligue o fogo e tampe a panela. Cubra a panela com um pano grosso e descanse por 10 minutos. Está pronto pra servir.

Avaliação de Luigi, filho do Hugo: “Eu aprendi e continuo aprendendo a cozinhar com o meu pai. Desde os dias de criança, perto da churrasqueira, até o presente nos finais de semana e feriados em que cozinhamos juntos. Cozinhar é um ato de carinho e dedicação onde você coloca o seu melhor para a família e os amigos. Hoje tenho a sorte, devido a infelicidade da pandemia que nos cerca, de passar meses convivendo diariamente com os meus pais, minha avó, minha mulher e os meus filhos. Tem sido uma experiência única entre quatro gerações onde celebramos a vida e compartilhamos as refeições que muitas vezes preparamos juntos.”

Rabada Suculenta

receita de Régis Couto Rosa
Ouça esta receita
Locução: Cibele Fleury

_Ingredientes:

• 1,5kg de rabo bovino• 1 colher de azeite

• 1 cebola média picada

• 3 dentes de alho amassados

• sal e pimenta a gosto

• 1/2 copo de vinho branco seco

• água quente

_Preparo: Limpe a carne retirando o excesso de gordura. Lave bem usando água e vinagre. Aqueça uma panela, adicione o azeite e refogue metade da cebola e o alho até dourar. Acrescente então a carne e vá dourando Aproveite para adicionar o sal e a pimenta. Adicione então o vinho e vá cozinhando pingando água. Pode acontecer da carne estar mais macia e você conseguirá terminar o prato dessa forma, pingando água e mexendo para não grudar na panela. Caso perceba que ela se mantém dura, coloque na panela de pressão com água até cobrir por uns 15 a 20 minutos. Retire da pressão e volte para a panela inicial até chegar no ponto certo de maciez. Sirva com folhas verdes, como agrião ou rúcula, e uma deliciosa polenta.

Avaliação de Gabriela, filha do Régis: Recentemente as pessoas passaram a falar mais sobre o papel dos homens no cuidado com a família e com lar, atribuição que historicamente foi delegada às mulheres. Nesse aspecto, o meu pai sempre foi um homem de vanguarda! Arrumava a casa, estudava com os filhos e, claro, cozinhava muito! Fazendeiro, me ensinou a ver os encantos e os sabores dos frutos que a terra dá. Tenho forte em mim a lembrança de um pai maravilhado colhendo verduras e temperos na horta para depois transformá-los em magia. Uma alquimia pura! Cozinheiro de mão cheia, posso dizer, sem exagero, que meu pai nunca levou à mesa um prato mal temperado. E assim, ele nutriu seus três filhos não só da melhor comida, mas também do melhor amor.”

Share
Share