Um jornal de boas notícias.

Resolvemos subverter a essência do jornalismo tradicional que aponta os erros da nossa sociedade, criando um periódico que trouxesse sempre boas notícias sem perder o senso crítico, essencial a qualquer veículo que se preze.

Clique aqui e conheça-nos

Edição 177 - Outubro/20

AQUI e
tudo sobre nossos patrocinadores:
Share

Plantar ensina ecologia e estimula uma dieta saudável

Quem não quer comer o que plantou? Quando a gente faz uma semente virar planta e depois essa planta nos oferece um alimento, naturalmente vamos ter muito mais disposição e vontade para comer. Por essa simples e divertida razão, ter uma horta no quintal ou até mesmo no muro, se valendo das alternativas verticais de plantio, é uma boa atividade para reunir toda a família, incluindo as crianças.

Muita coisa pode ser produzida em casa e isso certamente vai estimular a criança a comer esse alimento, que será mais saudável, por ser um tempero, fruta ou legume e, ainda, por não ter agrotóxicos. O ideal é optar por sementes ou mudas orgânicas, para que a produção não tenha nenhum resquício de toxicidade.

* Cristina Manfrim se diverte com as netas Laura e Luíza Manfrim, de 3 e 4 anos, e Joana Manfrim Queiroz, de 9 anos, enquanto cuida da horta de temperos, colhe frutas e prepara o plantio de legumes e verduras no quintal da casa *

O que é fácil de plantar – Quando se tem boa vontade, tudo é fácil de produzir. Basta se informar da maneira mais correta de fazer. Por exemplo, a batata (doce ou convencional), deve ser plantada quando começa a criar brotos, em meio a uma terra bem areada. Ou seja, você deixa a terra bem fofa embaixo, em torno e em cima da muda, sem comprimir a terra. Outra planta fácil de produzir é a mandioca. Basta pegar um galho e colocar numa cova rasa de terra, cobrir e pronto.

Share
Share