Um jornal de boas notícias.

Resolvemos subverter a essência do jornalismo tradicional que aponta os erros da nossa sociedade, criando um periódico que trouxesse sempre boas notícias sem perder o senso crítico, essencial a qualquer veículo que se preze.

Clique aqui e conheça-nos

Edição 183 - Abril/21

AQUI e
tudo sobre nossos patrocinadores:

Liderança

Do Inglês LEADER, guia, chefe, do Inglês arcaico LAEDAN, guiar, chefiar, do Germânico LAITHJAN, chefiar, daí vieram nossas palavras “liderar” e líder”. A palavra líder de origem celta, tem como significado, o que vai na frente.

Todo cristão, seja qual for sua religião, segue os ensinamento de Jesus. Narrados pela Bíblia, o livro sagrado do cristianismo, as ideias do Filho de Deus se perpetuaram. Há, naturalmente, muita interpretação errada e repleta de segundos e escusos interesses, mas cada linha que remete à história e aos ensinamentos do Cristo têm a coerência de um ser iluminado, que deu sua vida em defesa da igualdade e do amor incondicional entre os seres.

Passados 2021 anos de seu nascimento, Jesus, ainda seguido e aclamado, é, indiscutivelmente, o maior líder da história da humanidade. E para nossa sorte, um líder do bem, como hoje avaliamos quem age realmente em defesa da vida e do bem estar de todos.

Líderes são necessários. Eles surgem naturalmente, suprindo a necessidade das pessoas que convivem juntas, em pequenas aldeias a grandes nações, de terem alguém capaz de manter a ordem de maneira que todos possam viver livres em um cenário de justiça e prosperidade, onde todos possam ter a oportunidade de conquisetarem seus sonhos. Esse é o ideal, a razão de ser de um líder.

Infelizmente, de tempos em tempos, surgem líderes perversos, que incorporam todo o mal do mundo e dizimam seu povo sem a menor cerimônia e crise de consciência. Para eles, o importante é garantir seu poder através da disseminação do ódio e exibir-se através da morte coletiva de inocentes. Nero, Napoleão e Hitler são talvez os mais conhecidos e possivelmente mais atrozes líderes do mal, daquilo que contraria tudo que um líder deve ser.

O Brasil, essa terra cantada e narrada por ser “abençoada por Deus e bonito por natureza” caiu na garra de um líder do mal. Um ser inominável, cuja identidade todos conhecemos e não será escrita neste periódico. Afinal, somos um jornal focado em boas notícias.

Qual seus pares diabólicos, o líder da nossa nação faz estragos incomparáveis em velocidade alarmante. Além de destruir toda a organização voltada para o desenvolvimento do país, inclua-se nisso educação, cultura e meio ambientes, itens fundamentais para quem almeja equiparar-se às mais nobres nações da atualidade, o atual presidente da República do Brasil está covardemente matando milhares de brasileiros. 

É importante ressaltar que não se mata apenas através de armas de fogo. É possível também matar com um minúsculo vírus. Basta levar o povo que se lidera a ignorar as medidas básicas e efetivas de proteção, como fez e continua fazendo o atual líder deste imenso país. Basta também protelar ao máximo a compra de insumos capazes de evitar mortes, como a vacinação em massa, que poderia estar sendo aplicada no país em larga escala, mas continua em níveis irrisórios, enquanto o vírus se transmuta, se fortalece e se torna ainda mais fatal.

Quando um líder dessa desnatureza age, é necessário lhe conter. Pela força, se necessário. Porque enquanto isso não acontece, em cada comunidade, seja um Estado, uma cidade, uma aldeia, os líderes que cuidam diretamente de zelar pela vida das pessoas onde vivem se veem obrigados a agir de maneira paleativa, curando feriadas sem conseguir evitar que sejam abertas.

Esta edição traz uma entrevista exclusiva com um líder comunitário que, como tantos, está tendo a exigente tarefa de tentar conter o mal que o atual presidente da República promove. Em seu primeiro mandato, o prefeito Diego Singolani Costa, de Santa Cruz do Rio Pardo, nos conta como está exercendo essa delicada missão, na seção acontece.

A edição também traz notícias e opiniões a respeito do mal que assola o país e como podemos e devemos agir, em cidadania e ponto de vista que traz também um texto sobre a saúde dos olhos, dividido ali e também em bem viver.

Em tempos tão sombrios para o povo brasileiro, aproveite a leveza das seções meninada e gastronomia. E proteja sua vida e a de quem você ama, usando máscaras o tempo todo se for preciso, ficando em casa todo o tempo que puder e sem reunir pessoas, mesmo parentes.

Aproveite para pregar, na frente da sua casa ou do seu estabelecimento comercial, o novo cartaz da campanha “Depende de Nós”, alertando sobre a importância de se usar máscara para manter-se vivo!

Boa Leitura!

Flávia Rocha Manfrin | editora

 c/w: 14 99846-0732 

• 360@jornal360.com 

www.jornal360.com

Ora
ação!

"Eu, porém, cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria a tua misericórdia; porquanto tu foste o meu alto refúgio, e proteção no dia da minha angústia "
Salmo 59 Vs16

Código
de ética

Artigo 8º
Sempre que considerar correto e necessário, o jornalista resguardará a origem e a identidade de suas fontes de informação.